Categoria: Novidades

Um tempo…Um tempo…

(Texto e locução por Emerson Goveia)

Irmãos,
Desde o início, a realidade da pandemia já nos convida nas entrelinhas a adentrar no mistério da conversão. E chegado o tempo da quaresma percebo ainda mais como propício mesclarmos essas duas realidades na vivência desse convite.
Penso que o nosso coração deve se dilatar não somente na questão estatística da pandemia, mas também e a partir disso, numa vivência profunda daquilo que o Senhor nos chama: a santidade!
É preciso viver o tempo de chorar, mas também o tempo de viver.
O Papa Francisco nos convida nesse tempo a percebermos o impacto de nossas pequenas atitudes de caridade que vão muito além de simples gestos materiais, mas de gestos autênticos que aumentam a nossa esperança e fortalecem a nossa fé.
Quantos de nós, depois de meses em isolamento dentro de casa, não voltou a se alegrar por ver o nascer do sol ou o desabrochar de uma rosa de seu jardim? Os pequenos grandes gestos de Deus repetidos diariamente para nós e que não mais enxergávamos por estar mergulhados em nós mesmos, nos nossos trabalhos e estudos?
E por que perder de novo essas pequenas grandes alegrias?
Parece que o tempo vai passando e mais uma vez vamos nos perdendo no desejo de voltar a uma vida antiga, deixando reviver o homem velho…
O tempo da quaresma chega mais uma vez para nos renovar!
Como é belo tudo isso!
O Papa nos relembra ainda em uma de suas recentes catequeses sobre a pandemia, que esse tempo é um novo encontro com o Evangelho e que nos impulsiona a assumir as vestes novas de um Espírito criativo e renovado.
Por tanto, seja criativo! Deixe o Espirito Santo conduzir a sua situação atual e fazer de você um instrumento do “novo” no meio de nós.
Seja caridoso! Vá ao encontro!
Não permita que as águas da dor e do ressentimento paralise as suas atitudes.
Abramos os nossos corações numa atitude autêntica de obediência ao nosso bom pastor e sejamos hoje, nesse tempo, o instrumento necessário para que o irmão encontre o Cristo!
A você meu irmão, nessa quaresma, desejo que o Espírito Santo lhe ajude e cumule o seu coração de criatividade e bênçãos para que não fiquemos parados em nós mesmos, mas que sejamos pontes de encontro com o Cristo ressuscitado!
E então, qual será a sua atitude?