Comunidade Filhos de Maria Notícias Ir em missão apesar do medo!

Ir em missão apesar do medo!


Nossa missionária Érika Teles faz parte da equipe atual da CENPJ, uma missão que sacudiu seu coração quando recebeu o convite. Confira essa partilha dela a seguir:

Há alguns meses atrás, recebi a notícia de que havia sido convidada a compor a equipe da CENPJ (Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB), fui impactada pela notícia, até achei que fosse uma brincadeira, mas depois caiu a ficha… Deus me concedia uma grande responsabilidade.
Fazer parte dessa comissão nunca nem sequer passou pela minha cabeça, foi uma grande surpresa de Deus.

Inicialmente, fiquei com medo, preocupada, pois eu não sabia muito, não me sentia capacitada para tal, o que fazer? Como agir? Como se dará isso? Por que eu? Por que agora? Essas foram algumas das perguntas que se passaram em meu coração!

Lembro que nesse dia, depois da euforia e nervosismo fui pra capela, questionei Deus, chorei e entreguei pra Ele, acreditando que se Ele me dava essa missão, algo Ele queria realizar em mim e através de mim.

As coisas foram se acalmando e eu já me preparava para a primeira reunião que teria com a equipe. A reunião aconteceu em SP, eu viajei sozinha e passei por diversos “apertos” e aventuras, foi meio que um pulo no escuro, mas até mesmo aí, consegui enxergar o cuidado de Deus, a providência Dele em todos os momentos.

Fui a primeira da equipe a chegar ao local, estava temerosa, nervosa e ansiosa, eu não sabia o que iria encontrar e temia encontrar-me deslocada, mas mais uma vez fui surpreendida por Deus, me senti acolhida, fui recebida com alegria e entusiasmo e tudo alegrou e acalmou meu coração.

Nos dias seguintes, reunimos toda a equipe e me encontrei “encaixada” como se aquele lugar fosse feito para mim, eis que brotava uma pequena semente de esperança em meio a todo temor. Eu sabia que eu era e que seria uma pequena gota num imenso oceano, mas que aquela gotinha podia fazer diferença na vida de tantos jovens, me alegrei por perceber tamanha confiança do Senhor para comigo que sou tão infiel e desconfiada.

Ouvir os bispos, suas colocações e conselhos (tão sábios por sinal), padres, a irmã que é nossa assessora, os outros jovens com suas representatividades a respeito dos desafios que teremos que enfrentar, me deu o imenso desejo de arregaçar as mangas e dar o meu melhor para que todos aqueles que eu encontrar pelo caminho conheçam a Jesus Cristo que é o sentido de toda nossa existência, que é Aquele por quem o nosso coração anseia… quero ser sinal de sua luz e testemunhar com minha vida que Ele é o Verbo que se fez Carne, é o Deus que se fez homem por amor a nós!

Peço a Deus a graça da constância, da humildade e da prontidão para em tudo amar e servir e para perseverar até o fim, fazendo sempre a sua vontade!

– – – – – 

Gostou? Saiba mais sobre o evento neste link. 


 

Érika Teles | Missionária da Comunidade Filhos de Maria e membro da equipe da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB


 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Post

Quaresma e sínodo: qual a relação?Quaresma e sínodo: qual a relação?

Toda a Igreja está convocada pelo Papa Francisco a percorrer o caminho rumo ao Sínodo (outubro 2023): “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. Assim, ele “convida a Igreja inteira a se interrogar sobre um tema decisivo para a sua vida e a sua missão: “O caminho da sinodalidade é precisamente o caminho que Deus espera da Igreja do terceiro milênio”

A Igreja de Jesus Cristo, ao longo de sua história, concretizou muitos passos e aprendizados. Foi notadamente, no Concílio Vaticano II (1962-1965), que ela percebeu com clareza que o melhor jeito de ser e de caminhar, para bem cumprir a sua missão, é o “jeito sinodal”. Não se trata de tarefa fácil, exige muita preparação e profunda conversão de todos ao projeto de Deus.

O objetivo principal deste Sínodo é refletir sobre a missionariedade da Igreja. O que o Papa Francisco deseja é uma Igreja sinodal, ou seja, uma Igreja de comunhão e missionária que deve ser construída em unidade. Uma Igreja sinodal é uma Igreja missionária.

Todos os batizados são chamados a dar a sua contribuição a esta reflexão.

Sinodalidade é o esforço coletivo e a busca contínua de aprendermos a “caminhar juntos” como irmãos e irmãs que somos. A Quaresma é um tempo propício para se colocar a escuta de Deus e retomar um caminho de intimidade com Ele.

E se nós aproveitássemos da Quaresma para viver essa escuta em comunhão com todo o povo de Deus?

Foi pensando nisso que a rede social de oração Hozana criou um itinerário de Quaresma para aprender a se escutar.

Durante este retiro nós iremos entender, junto com participantes do mundo inteiro (entre eles a Comunidade Aliança de Misericórdia, a Comunidade Recado e a Comunidade Filhos de Maria), o que significa este caminho sinodal e como nós podemos vivenciar, na prática, a comunhão, participação e missão sugeridas pelo Papa Francisco.

Clique aqui para se inscrever e venha viver esse momento de comunhão, participação e missão conosco!

Hozana: 1 milhão de inscritos!Hozana: 1 milhão de inscritos!

Para você que nos acompanha, sabe que já temos alguns retiros na plataforma Hozana. Que tal conhecer um pouco mais sobre esta rede de oração? Confira a seguir: 

Um milhão de inscritos no Hozana!

O Hozana já reúne mais de um milhão de inscritos (ativos nos últimos 12 meses) em quatro idiomas, incluindo 108.000 no Brasil e 140.000 em português.

Lançado há sete anos, o Hozana é uma rede social de oração que permite que você participe de comunidades de oração em torno de temas espirituais e envie suas intenções de oração.


A invenção do crowdpraying 

Lançado em 2014 por Thomas Delenda, um jovem graduado do HEC (estudos de comércio), o Hozana inventou o “crowdpraying”, oferecendo a possibilidade dos usuários da Internet se reunirem em torno de comunidades temáticas de oração. A ideia foi um sucesso rápido e o Hozana teve quase 40.000 inscritos já no primeiro ano do seu lançamento.

Os inscritos podem participar de comunidades de oração para receber o Evangelho diário, com comentários, ou retiros e novenas (nove dias consecutivos de oração) ao longo do ano. Estas comunidades são animadas por organizações cristãs (comunidades religiosas, meios de comunicação, associações, movimentos etc.), ou, ainda, por sacerdotes, religiosos, ou mesmo por simples fiéis. O Hozana oferece assim uma grande diversidade de conteúdos graças à contribuição de mais de 500 parceiros. Também é possível depositar intenções de oração e orar pelas intenções depositadas por outros membros da rede.

Em 2018, o conceito foi internacionalizado com o lançamento de uma versão em inglês, espanhol e português. O Hozana está disponível em um aplicativo para Android e iOS e na web.

Um modelo econômico associativo  

O Hozana é uma associação sem fins lucrativos, cujo modelo econômico é 100% baseado em doação e voluntariado. Quarenta grandes patrocinadores possibilitaram o lançamento do projeto, que agora é lucrativo apenas com as doações dos usuários, permitindo remunerar uma equipe de cerca de vinte funcionários permanentes (15 em tempo integral). Mais de 70 voluntários (3 em tempo integral), também contribuem em várias necessidades: redação de artigos, tradução, gráficos, desenvolvimento de TI, comunicação.


O Hozana recebeu milhares de testemunhos desde seu lançamento. Frequentemente recebemos mensagens do tipo “graças ao Hozana, já não estou só”. A Comunidade Filhos de Maria faz parte dessa história. Com suas comunidades de oração já reuniu no Hozana quase mil pessoas!

Conheça a página especial que criamos para comemorar o milhão de inscritos: https://hozana.org/pt/um-milhao


 

Gostou dessa proposta? Entre em contato com Débora Moreira, representante da plataforma. 

 

Débora Moreira: 

debora@hozana.org 

+33 6 61 34 69 14