Beleza


De forma suave o sol ponteia em minha janela. Ele não entra ainda, não fora convidado. Ele espera até que eu abra a cortina e delicadamente desliza quarto a dentro. As cores mudam e um amarelo pálido toma conta do cômodo.  Ainda é cedo e meu pensamento já corre de forma rápida para Deus. A criação transportou-me para Ele. O silêncio noturno se foi e deu lugar aos barulhos do dia, pássaros, buzinas e vozes tomam conta de mim. Tudo está em sintonia, mesmo os gritos prenunciam que Deus tem planos para o dia de hoje, só caberá a nós descobri-los. Observando ao redor vejo esperança em olhares, alegrias ocultas que só serão reveladas a noite, no aconchego dos lares. Vejo passos apressados correndo para garantir o pão da casa. Não há nada mais belo do que Deus presente em tudo. As cores da primavera estão estranhamente presentes. O céu azul de um lado anuncia a chuva do outro. O verde ainda não tão verde entrega que o inverno foi embora a pouco e que as coisas ainda ficarão mais coloridas com o passar do tempo. Assim como na vida, ainda não chegou a hora da plenitude, vivemos por hora o tempo da espera. E quão belo é esperar no Senhor.

Corre as horas, os dias, os anos, e a doce mão de Deus nos coloca sempre em sua vontade. Há de se fazer um grande esforço pra fugir de sua mão suave. A natureza fala Dele, o tempo fala Dele e até a ausência o anuncia. Se observarmos com carinho seremos sempre levados ao seu caminho. Seu rosto será visto em outros rostos, sua mão será sentida em outras mãos, e até mesmo seu abraço será sentido se abrirmos os olhos ao sublime cuidado de Deus.

Ele está presente em tudo e como que preenchendo o mundo vai nos fazendo  viver de ” Páscoa em Páscoa”. Nascemos e ressuscitamos Nele sempre que permitimos que sua graça aconteça em nós. Acordamos e com Ele dormimos, sempre que deixamos o nosso pensamento vagar para Ele. Mesmo que de forma simples, mesmo que de forma rápida o Senhor sempre se faz em nós quando nós o buscamos ver. 

Por Júnior Vieira, missionário consagrado e ministro de artes da Comunidade Filhos de Maria

 

Saiba mais sobre as Artes no carisma Filhos de Maria clicando aqui!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Post

Hozana: 1 milhão de inscritos!Hozana: 1 milhão de inscritos!

Para você que nos acompanha, sabe que já temos alguns retiros na plataforma Hozana. Que tal conhecer um pouco mais sobre esta rede de oração? Confira a seguir: 

Um milhão de inscritos no Hozana!

O Hozana já reúne mais de um milhão de inscritos (ativos nos últimos 12 meses) em quatro idiomas, incluindo 108.000 no Brasil e 140.000 em português.

Lançado há sete anos, o Hozana é uma rede social de oração que permite que você participe de comunidades de oração em torno de temas espirituais e envie suas intenções de oração.


A invenção do crowdpraying 

Lançado em 2014 por Thomas Delenda, um jovem graduado do HEC (estudos de comércio), o Hozana inventou o “crowdpraying”, oferecendo a possibilidade dos usuários da Internet se reunirem em torno de comunidades temáticas de oração. A ideia foi um sucesso rápido e o Hozana teve quase 40.000 inscritos já no primeiro ano do seu lançamento.

Os inscritos podem participar de comunidades de oração para receber o Evangelho diário, com comentários, ou retiros e novenas (nove dias consecutivos de oração) ao longo do ano. Estas comunidades são animadas por organizações cristãs (comunidades religiosas, meios de comunicação, associações, movimentos etc.), ou, ainda, por sacerdotes, religiosos, ou mesmo por simples fiéis. O Hozana oferece assim uma grande diversidade de conteúdos graças à contribuição de mais de 500 parceiros. Também é possível depositar intenções de oração e orar pelas intenções depositadas por outros membros da rede.

Em 2018, o conceito foi internacionalizado com o lançamento de uma versão em inglês, espanhol e português. O Hozana está disponível em um aplicativo para Android e iOS e na web.

Um modelo econômico associativo  

O Hozana é uma associação sem fins lucrativos, cujo modelo econômico é 100% baseado em doação e voluntariado. Quarenta grandes patrocinadores possibilitaram o lançamento do projeto, que agora é lucrativo apenas com as doações dos usuários, permitindo remunerar uma equipe de cerca de vinte funcionários permanentes (15 em tempo integral). Mais de 70 voluntários (3 em tempo integral), também contribuem em várias necessidades: redação de artigos, tradução, gráficos, desenvolvimento de TI, comunicação.


O Hozana recebeu milhares de testemunhos desde seu lançamento. Frequentemente recebemos mensagens do tipo “graças ao Hozana, já não estou só”. A Comunidade Filhos de Maria faz parte dessa história. Com suas comunidades de oração já reuniu no Hozana quase mil pessoas!

Conheça a página especial que criamos para comemorar o milhão de inscritos: https://hozana.org/pt/um-milhao


 

Gostou dessa proposta? Entre em contato com Débora Moreira, representante da plataforma. 

 

Débora Moreira: 

debora@hozana.org 

+33 6 61 34 69 14 

DescansarDescansar

Um bom descanso nem sempre será proporcional ao tempo que sobra para repousar o corpo. Mais do que isso, descansar exige, primeiro, uma consciência de quais são os chamados e deveres diários. É saber reconhecer a vocação e a missão pessoal. Diante delas estou agindo adequadamente? Estou cumprindo o mínimo necessário? Entregando o meu melhor possível?

Quando a consciência capta o que deve ser feito, não descansa, enquanto não realiza. Sendo assim, não aja aleatoriamente e sem propósito, isso, inclusive, cansa muito mais. Atue intencionalmente, com direção e finalidade.

Deus quer algo de cada um de nós! O que Ele quer de você hoje? É preciso saber o porquê, para quê ou por quem, realizar todas as coisas. Pois quando as nossas ações encontram bons motivos, o nosso coração descansa em paz, mesmo no cansaço físico.

Deus, após a criação, viu “que tudo era muito bom” Gênesis 1:31, e descansou. Desejo que você descanse realizado. Como uma vela que se desgasta, não em vão, mas para iluminar o que for preciso.

“Os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias ; correrão e não se cansarão; caminharão e não se fatigarão.” (Isaías 40:31)

Sárvya Karena, missionária consagrada da Com. Filhos de Maria e psicóloga

O que aprendemos no desertoO que aprendemos no deserto

(Texto e locução por Érika Teles)

Quando se fala em deserto logo pensamos: é um lugar quente, árido, de difícil acesso, com pouca agua, pouca comida, um lugar com muitas dificuldades. A sobrevivência no deserto é um tanto desafiadora.

Na vida espiritual, nós, cristãos, também passamos por períodos de deserto, onde Deus parece estar distante, longe, onde as dificuldades e desafios parecem cada vez maiores. Nos sentimos desanimados, tentados a todo tempo, na maioria das vezes, pensamos estar sozinhos. Porém, apesar de toda essa turbulência, se bem vivido o tempo de deserto pode ser bem fecundo. Deus nos coloca no deserto para aprendermos que não vivemos só de pão, que não somos capazes de viver sozinhos, mas que dependemos Dele. No deserto aprendemos a ser pobres e a depender Dele.

É no deserto que aparecem os demônios e é necessário combater os demônios para se assemelhar a Cristo, é Ele o nosso modelo de homem novo e de mulher nova. Tudo aquilo que me coloca em crise é deserto, mas esse deserto nos leva a um autoconhecimento e ao conhecimento de Deus. É um momento doloroso mas necessário. Sem a tentação só conhecemos a ilusão.

Portanto, no deserto aprendemos a ser mais de Deus, a confiar a Ele toda a nossa vida, aprendemos a viver o abandono e a confiança.

Érika Vilela, nossa fundadora, nos ensina que “Em grandes momentos de dor surgem grandes obras de amor, obras de paz.” Aprendemos que todo momento, por mais difícil e doloroso que seja, vivido diante de Deus é bonito. Se você vive um tempo de deserto aproveite para fazer desse tempo um tempo fecundo e para fortalecer a sua fé, confiando que apesar do sentimento de ausência, Ele, sempre está presente.