Comunidade Filhos de Maria Formação,Novidades Gotas de perseverança na sua quaresma

Gotas de perseverança na sua quaresma


(Texto por Emerson Goveia e locução por Júnior Vieira)

Gotas de Perseverança na sua quaresma
(Texto: @emersoncfm / Locução: @juniorvieira193)

Eu sou aquele tipo de pessoa metódica, que pra iniciar uma dieta eu preciso de uma segunda-feira.

E se na terça eu comer um doce, só na outra segunda pra recomeçar.

Calma, eu não tô fazendo dieta, eu posso explicar…

Percebi que eu estava perdendo tempo e era preciso economizar.
A nossa vida é só um instante e logo vai passar.

O Papa Francisco vai nos dizer na sua carta “Patris Corde” que na perspectiva da economia da salvação é de ternura na acolhida das fraquezas que eu vou precisar…

Logo, sim, eu preciso economizar…

Um pouco mais de ternura aprender e exercitar…
Essa pode ser a minha última quaresma e eu não posso desperdiçar.

Como pode alguém que tem medo de altura e o céu querer alcançar?

É preciso lançar fora todo medo e em altos vôos se lançar…
Se você mal começou e já se perdeu nos seus propósitos de quaresma, um caminho eu vou lhe dar…

É só pra quem tem medo de altura que a minha escada vou emprestar.

Mas como se eu tenho medo?
Vai com medo mesmo!

Sobre o ser metódico, tudo bem, mas no excesso se quebrantar…

Olhe pra sua quaresma e com ternura derrame umas gotinhas de perseverança…

Ainda dá tempo…

Se for preciso olhar os dias da semana com outros olhos, compre óculos, desembaça a lente e volte a enxergar…

Perceba na beleza de uma quarta-feira o seu verdadeiro e melhor lugar.

Por que não?

Faça dela o seu ponto de partida, o seu recomeçar…

O importante é o novo propósito, o tirar o pé do lugar.

Economize dias…

Suba sem medo…

É hora de se lançar…

Haa… Emerson, hoje não deu certo!
Calma, amanhã vai dar…

Vem comigo?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Post

Lucidez ou Loucura?Lucidez ou Loucura?

Como médico de atuação em Clínica Médica e em Medicina Paliativa há alguns anos, vivo todos os dias do meu trabalho buscando salvar vidas e a dignidade dessas vidas constantemente ameaçadas; seja na urgência e emergência, na enfermaria e unidade intensiva, em domicílios e consultórios. Nem sempre há bons resultados, enquanto é crescente o número de pessoas humanas a serem cuidadas em seus diversos tipos de sofrimentos nesses contextos. 

O que plenifica minha atuação na vida, e no trabalho não seria diferente, é o fato de ser cristão católico e leigo consagrado a um carisma: Filhos de Maria. E posso traduzir especificamente isso como uma convocação ininterrupta a ser manifestação do amor misericordioso do Pai, canal para o alívio de sofrimentos humanos e instrumento no auxílio  às pessoas a encontrar um sentido em suas vidas. De maneira especial O Sentido: Cristo. Isso é um presente, mesmo que desafiador! Ainda mais na atualidade, tempo tão cheio de necessitados desses pontos e tão carente de pessoas dispostas a esse tipo de entrega.

 A opção de assumir isso em minha vida e tocar em tantas realidades desorientadas, sofridas e muitas vezes miseráveis chega a muitos como uma postura de lucidez, já a outros, de loucura. Atitude lúcida e iluminadora porque é de quem vê a realidade, de quem sabe que todo ser humano, a começar  de mim mesmo, em algum momento  necessita dessas experiências de misericórdia, de consolo e de sentido. Já atitude louca e constrangedora por ser uma escolha de estar constantemente diante do desagradável, do angustiante, do que pode inclusive perturbar o juízo: as várias faces da dor humana. 

Tudo isso na verdade é uma missão. Não é puramente uma escolha pessoal. Se assim fosse, acredito que seria “pouco”. Na verdade é uma resposta a Deus, à vida, à humanidade. E somente por isso é possível. Cada vez mais meu trabalho deve misturar muita técnica, muita humanidade e muito carisma. E porque não muita coragem e loucura? E tem de ser assim. Ninguém merece menos do que isso!

“Nascemos aos pés da cruz para anunciar ao mundo o amor que o levou à loucura.”  (Érika Vilela)

 

Diego Ramos, missionário consagrado da Com. Filhos de Maria e médico paliativista

Quaresma e sínodo: qual a relação?Quaresma e sínodo: qual a relação?

Toda a Igreja está convocada pelo Papa Francisco a percorrer o caminho rumo ao Sínodo (outubro 2023): “Para uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”. Assim, ele “convida a Igreja inteira a se interrogar sobre um tema decisivo para a sua vida e a sua missão: “O caminho da sinodalidade é precisamente o caminho que Deus espera da Igreja do terceiro milênio”

A Igreja de Jesus Cristo, ao longo de sua história, concretizou muitos passos e aprendizados. Foi notadamente, no Concílio Vaticano II (1962-1965), que ela percebeu com clareza que o melhor jeito de ser e de caminhar, para bem cumprir a sua missão, é o “jeito sinodal”. Não se trata de tarefa fácil, exige muita preparação e profunda conversão de todos ao projeto de Deus.

O objetivo principal deste Sínodo é refletir sobre a missionariedade da Igreja. O que o Papa Francisco deseja é uma Igreja sinodal, ou seja, uma Igreja de comunhão e missionária que deve ser construída em unidade. Uma Igreja sinodal é uma Igreja missionária.

Todos os batizados são chamados a dar a sua contribuição a esta reflexão.

Sinodalidade é o esforço coletivo e a busca contínua de aprendermos a “caminhar juntos” como irmãos e irmãs que somos. A Quaresma é um tempo propício para se colocar a escuta de Deus e retomar um caminho de intimidade com Ele.

E se nós aproveitássemos da Quaresma para viver essa escuta em comunhão com todo o povo de Deus?

Foi pensando nisso que a rede social de oração Hozana criou um itinerário de Quaresma para aprender a se escutar.

Durante este retiro nós iremos entender, junto com participantes do mundo inteiro (entre eles a Comunidade Aliança de Misericórdia, a Comunidade Recado e a Comunidade Filhos de Maria), o que significa este caminho sinodal e como nós podemos vivenciar, na prática, a comunhão, participação e missão sugeridas pelo Papa Francisco.

Clique aqui para se inscrever e venha viver esse momento de comunhão, participação e missão conosco!

Hozana: 1 milhão de inscritos!Hozana: 1 milhão de inscritos!

Para você que nos acompanha, sabe que já temos alguns retiros na plataforma Hozana. Que tal conhecer um pouco mais sobre esta rede de oração? Confira a seguir: 

Um milhão de inscritos no Hozana!

O Hozana já reúne mais de um milhão de inscritos (ativos nos últimos 12 meses) em quatro idiomas, incluindo 108.000 no Brasil e 140.000 em português.

Lançado há sete anos, o Hozana é uma rede social de oração que permite que você participe de comunidades de oração em torno de temas espirituais e envie suas intenções de oração.


A invenção do crowdpraying 

Lançado em 2014 por Thomas Delenda, um jovem graduado do HEC (estudos de comércio), o Hozana inventou o “crowdpraying”, oferecendo a possibilidade dos usuários da Internet se reunirem em torno de comunidades temáticas de oração. A ideia foi um sucesso rápido e o Hozana teve quase 40.000 inscritos já no primeiro ano do seu lançamento.

Os inscritos podem participar de comunidades de oração para receber o Evangelho diário, com comentários, ou retiros e novenas (nove dias consecutivos de oração) ao longo do ano. Estas comunidades são animadas por organizações cristãs (comunidades religiosas, meios de comunicação, associações, movimentos etc.), ou, ainda, por sacerdotes, religiosos, ou mesmo por simples fiéis. O Hozana oferece assim uma grande diversidade de conteúdos graças à contribuição de mais de 500 parceiros. Também é possível depositar intenções de oração e orar pelas intenções depositadas por outros membros da rede.

Em 2018, o conceito foi internacionalizado com o lançamento de uma versão em inglês, espanhol e português. O Hozana está disponível em um aplicativo para Android e iOS e na web.

Um modelo econômico associativo  

O Hozana é uma associação sem fins lucrativos, cujo modelo econômico é 100% baseado em doação e voluntariado. Quarenta grandes patrocinadores possibilitaram o lançamento do projeto, que agora é lucrativo apenas com as doações dos usuários, permitindo remunerar uma equipe de cerca de vinte funcionários permanentes (15 em tempo integral). Mais de 70 voluntários (3 em tempo integral), também contribuem em várias necessidades: redação de artigos, tradução, gráficos, desenvolvimento de TI, comunicação.


O Hozana recebeu milhares de testemunhos desde seu lançamento. Frequentemente recebemos mensagens do tipo “graças ao Hozana, já não estou só”. A Comunidade Filhos de Maria faz parte dessa história. Com suas comunidades de oração já reuniu no Hozana quase mil pessoas!

Conheça a página especial que criamos para comemorar o milhão de inscritos: https://hozana.org/pt/um-milhao


 

Gostou dessa proposta? Entre em contato com Débora Moreira, representante da plataforma. 

 

Débora Moreira: 

debora@hozana.org 

+33 6 61 34 69 14